Segunda-feira, 3 de Agosto de 2015

10 técnicas comprovadas para parecer e sentir-se com metade da idade

Se você é como a maioria das pessoas, está interessado em aparentar e sentir-se o melhor possível durante o maior número de anos que puder. Ao longo do século passado, a expectativa de vida dos americanos tem aumentado continuamente e estamos cada vez mais interessados em como nos podemos parecer e sentir melhor na meia-idade e mais além. E os raros privilegiados no centro das atenções mediáticas − estrelas de cinema, atletas de elite, executivos milionários − parece terem dominado a juventude perpétua.

Pode presumir que os membros deste grupo exclusivo mantêm a sua vitalidade juvenil recorrendo a truques cirúrgicos, mas a história não fica por aí. A verdade pode surpreendê-lo: este grupo tem acesso a avanços científicos, incluindo tratamentos naturais comprovados para aparentar e sentir-se com metade da idade, que raramente ou nunca chegam ao público em geral, pelo menos até agora. 

No seu grande êxito de vendas O Corpo em 4 Horas, o autor e “meticuloso devorador de dados” Tim Ferriss explica claramente por que razão os ricos e famosos têm acesso à informação que a maioria de nós desconhece. De acordo com Ferriss, a curva de adopção para a maioria das descobertas inovadoras na área da saúde e beleza não chega ao grande público.

Os avanços inovadores na saúde, bem-estar e anti-envelhecimento saltam dos cientistas directamente para os atletas de elite e culturistas, em seguida para as estrelas de Hollywood e depois para os ricos e poderosos. Ferriss diz que o último salto − das “pessoas ricas para o resto de nós” − é adiado por 10 a 20 anos depois do momento da descoberta. Dependendo da descoberta em questão, o salto final pode nem sequer acontecer.

Por conseguinte, podemos estar a confiar em informações que estão anos (ou mesmo décadas) desactualizadas.

A afeição do público por produtos do tipo Retin-A é um exemplo perfeito da ciência obsoleta e ultrapassada para as massas. Para o público em geral, as receitas de retinóides derivados da vitamina A, como Retin-A, têm sido o padrão-ouro para alisar as rugas. Mas a literatura emergente indica que outra vitamina mais suave melhora efectivamente a textura da pele sem a vermelhidão, descamação ou comichão que os cremes de vitamina A podem causar. Não é de admirar que as estrelas e as elites já tenham feito a troca.

De acordo com um estudo recente publicado no Jornal da Academia Americana de Dermatologia (JAAD), esta vitamina oferece à pele os mesmos benefícios impressionantes dos retinóides tópicos, sem os efeitos colaterais desagradáveis. Os autores do estudo notaram que não se observou nenhum dos efeitos colaterais comuns nos retinóides − descamação, secura e irritação.

Os estudos mostram ainda que esta vitamina também pode evitar danos na pele. Foi demonstrado que uma solução tópica de 5% previne a carcinogénese e imunossupressão induzida pelos raios ultra-violeta (UV). Mas se já tem lesões solares, não perca a esperança: um estudo japonês descobriu que 8 semanas de tratamento com uma solução tópica de 2% a 5% atenuou a pele despigmentada e as manchas solares.

Considerando a ciência impressionante em apoio desta vitamina, não é nenhuma surpresa que as celebridades mais perspicazes a tenham adoptado. Esta vitamina que preserva a pele é o segredo favorito da deslumbrante actriz Thandie Newton, protagonista do filme Missão Impossível. Ela chama-lhe um economizador de tempo anti-idade, que a ajuda a alcançar uma “pele brilhante e jovem”, apenas com um simples tratamento diário.

Outro exemplo da nova e extraordinária ciência anti-envelhecimento é um tratamento facial patenteado que pode apagar 10 anos do rosto, em menos de uma hora. Os tratamentos não necessitam de agulhas, cirurgia ou produtos químicos. Talvez o melhor de tudo, pode ser feito no conforto da sua própria casa e custa uma mera fracção da factura de uma plástica facial (facelift).

A dra. Xanya Sofra-Weiss, uma das mais proeminentes investigadoras desta técnica, tem mostrado que o tratamento pode originar uma pele mais compacta e saudável e outros resultados benéficos melhor resumidos como “reversão do envelhecimento”. Os resultados sugerem que os tratamentos podem realmente influenciar processos biológicos a nível celular. Especificamente, Weiss e a sua equipa descobriram que este tratamento facial pode:

  • Estabilizar os radicais livres, ao infiltrá-los com electrões
  • Reduzir as rugas
  • Aumentar a tonicidade dos músculos finos faciais
  • Activar a produção de colagéneo e elastina
  • Incitar a proliferação celular
  • Reparar as células danificadas

Não admira que muitas estrelas na passadeira vermelha tenham a pele tão radiante que até parece que o brilho vem de dentro. Simon não vai dar os nomes dos seus clientes mais célebres, mas admite que o negócio aumenta antes de grandes espectáculos premiados, como os Óscares da Academia.

“O meu objectivo é replicar o sinal que o cérebro produz durante o sono profundo delta”, explica ela, “uma frequência que inicia a reparção”. Ao usar diferentes tipos de corrente (electromagnética), ela pode:

  • Apagar as olheiras
  • Melhorar a drenagem linfática
  • Eliminar as bactérias causadoras de acne
  • Promover a reparação celular

Os efeitos anti-envelhecimento deste nutriente pouco conhecido são tão dramáticos, que o dr. Mehmet Oz e outros destacados médicos holísticos dizem que adicioná-lo à rotina diária pode provocar o virtual “fim da velhice”. Comprovou-se que esta substância extraordinária fortalece a saúde do cabelo e da pele, aumentando ao mesmo tempo o tónus muscular e os níveis de energia, de modo significativo. Parece ainda reverter o envelhecimento, tanto a nível dos sistemas como dos órgãos.

Níveis elevados deste nutriente estão directamente ligados à longevidade; infelizmente, a sua produção própria pelo corpo diminui muito com a idade. Mas a pesquisa científica sugere fortemente que aumentar a ingestão desse nutriente pode retardar e até mesmo reverter o processo de envelhecimento.

http://undergroundhealthreporter.com/10-proven-techniques-for-anti-aging/

 

publicado por Rui Vaz às 08:13
link do post | favorito
De heitorex a 3 de Agosto de 2015 às 19:30
cheguei ao final sem perceber qual a vitamina milagrosa
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS