Terça-feira, 15 de Setembro de 2015

Alimentos que o podem tornar mais inteligente

Frutos silvestres. Pode ensinar-se novos truques a ratos velhos, desde que sejam alimentados com frutos silvestres. Ratos idosos alimentados com uma dieta suplementada com mirtilo, durante quatro meses, tiveram resultados tão bons como ratos mais jovens na sua capacidade de reconhecer objectos, após uma hora. Ratos mais velhos alimentados com uma dieta normal não tinham a menor ideia! Mirtilos e amoras contêm antocianinas, antioxidantes poderosos que ajudam a proteger os pequenos vasos sanguíneos dos danos dos radicais livres e podem melhorar o fluxo sanguíneo no cérebro. Como pode obter mais frutos silvestres na dieta? Ponha meia chávena de mirtilos ou amoras em iogurte natural meio gordo ou magro, polvilhe-as nos cereais quentes integrais, acrescente-as às saladas de frutas ou use-as para dar sabor a um batido de proteína. Se não for o tempo deles, use frutos silvestres orgânicos congelados, que são vendidos em muitas lojas de alimentos saudáveis. Tente comer duas a três porções de meio copo de frutos silvestres por semana. 

Ovos enriquecidos com ómega-3. Estes ovos são de galinhas alimentadas com uma dieta vegetariana e orgânica, que é rica em ácidos gordos benéficos e vitamina E, um antioxidante protector do cérebro, o que torna estes ovos mais saudáveis. Os ovos são também uma grande fonte de vitaminas do complexo B, que ajudam a manter baixos os níveis de homocisteína. Houve uma altura, em que as pessoas foram desencorajadas de comer ovos, porque as gemas são ricas em colesterol (200 miligramas, em média), que se acreditava aumentar o risco de doença cardíaca. Sabemos agora que o colesterol nos alimentos tem pouco efeito sobre os níveis de colesterol no organismo, e não há evidências de que comer ovos aumenta os níveis de colesterol. Portanto, coma ovos, mas certifique-se de que são ovos de galinhas do campo, enriquecidos com ómega-3. Pode comer entre seis a oito ovos por semana.

Beldroegas. A beldroega é, na verdade, uma erva daninha que começa a entrar em saladas e está a ser servida como acompanhamento. Tem um sabor suave e agradável, com uma textura crocante similar à dos rebentos. A sua popularidade está a aumentar, pois contém uma boa quantidade de ácidos gordos ómega-3. Procure-a na secção de produtos frescos no supermercado, mercearia ou loja de alimentos naturais. Tente comer meio copo desta verdura fantástica, duas a três vezes por semana.

Salmão. O salmão selvagem do Alasca é uma fonte excelente de ácidos gordos ómega-3, especialmente DHA, e tem pouco mercúrio e outras toxinas. Estudo após estudo confirma que as pessoas que consomem mais ácidos gordos ómega-3 − e que comem mais peixe − são as pessoas mais felizes, saudáveis e inteligentes no planeta. Procure comer salmão (uma porção são 170 gramas) duas vezes por semana.

Espinafre. Popeye comia espinafre para melhorar a forma física, mas o espinafre também pode dar mais músculo mental. Ratos alimentados com uma dieta suplementada com espinafre aprenderam a associar um determinado som a um sopro de ar, mais rapidamente do que aqueles alimentados com uma dieta sem esse suplemento. Por outras palavras, o espinafre tornou os ratos mais espertos. O espinafre contém luteína, outro poderoso antioxidante, e também é rico em ácido fólico, uma vitamina B que ajuda a controlar a homocisteína. (À medida que cada vez se fazem mais estudos sobre alimentos ricos em antioxidantes específicos, é possível que se demonstre que outras frutas e legumes possuem propriedades específicas de estimulação cerebral). O espinafre pode ter bom paladar se for bem preparado. O espinafre tenro orgânico é o mais saboroso. Coma cru em salada ou refogue levemente no azeite, em lume baixo, com fatias de alho até ficar mole. O espinafre congelado é bom, desde que seje uma marca orgânica. Procure comer duas a três porções (1 chávena é uma porção) de espinafre por semana.

Sementes. As sementes de abóbora e as sementes de linhaça moídas contêm grandes quantidades de ácidos gordos ómega-3 e ácido gama-linolenico (GLA) benéfico. Coma 30 gramas (uma mão-cheia) de sementes de abóbora, tipo merenda; polvilhe-as na salada para dar sabor e textura. Pode adicionar semente de linhaça moída (30 gramas) ao batido de proteína ou polvilhar no cereal ou na salada. Procure comer duas a três porções de sementes de abóbora por semana.

Nozes e óleo de noz. As nozes contêm grandes quantidades de ácidos gordos ómega-3. Coma-as à merenda ou use óleo de noz na salada. Se está acostumado a petiscar maus alimentos, experimente merendar algumas nozes e uma maçã orgânica fresca. É uma deliciosa alternativa saudável à comida prejudicial. Procure comer duas a três porções de nozes ou óleo de noz por semana. (30 gramas é uma dose para as nozes; 2 colheres de sopa é uma dose para o óleo).

De:  “The Better Brain Book” − David Perlmutter (Riverhead Books, 2004)

  

publicado por Rui Vaz às 14:50
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS