Quinta-feira, 1 de Outubro de 2015

Coenzima Q10

Coenzima Q10 (01-10-15)

Dose diária: 30 mg

A coenzima Q10 (Co-Q10) é tão importante para a saúde do cérebro que é um dos poucos suplementos que recomendo a toda a gente. Não tenho quaisquer dúvidas que se mais pessoas tomassem Co-Q10, começando na juventude, haveria menos adultos idosos com cérebros debilitados e células nervosas enfraquecidas. Não tenho quaisquer dúvidas que se mais pessoas tomassem Co-Q10, ao primeiro sinal de declínio cerebral, poderiam revigorar a função mental debilitada e evitar maiores danos ao cérebro.

A Co-Q10 encontra-se nos alimentos e é produzida por todas as células do corpo, embora haja concentrações particularmente elevadas no cérebro. A produção de Co-Q10 diminui com a idade, e há uma convicção crescente na comunidade científica que a perda de Co-Q10 é a principal causa do declínio da função mental na meia-idade. No organismo, a Co-Q10 é sintetizada a partir do aminoácido tirosina, com a ajuda de cerca de uma dúzia de outras vitaminas. Se houver deficiência em qualquer um dos componentes essenciais da Co-Q10, o que é possível dada a dieta moderna pobre em nutrientes, o corpo pode não fabricar a quantidade suficiente. 

Por que é que considero a Co-Q10 tão importante? Deixe-me explicar aquilo que ela faz e o que a torna tão única. A Co-Q10 está envolvida na produção de energia nas mitocôndrias, as estruturas geradoras energia no interior das células. A Co-Q10 foi apelidada “vela de ignição” celular, porque tal como uma vela de ignição é necessária para iniciar o motor de um automóvel, a Co-Q10 é essencial para a produção de energia na célula. Visto que o cérebro é um dos órgãos com um metabolismo mais activo no corpo, precisa de uma grande quantidade de Co-Q10 para produzir a energia para executar todas as suas tarefas vitais. Não se pode pensar, aprender ou recordar coisas, se as células do cérebro tiverem falta de combustível, e não se pode ter combustível suficiente, se não houver bastante Co-Q10.

A Co-Q10 não é apenas vital para a produção de energia, mas é também um antioxidante capaz de proteger as células contra os subprodutos negativos da produção de energia − os radicais livres. Sem Co-Q10 suficiente, o cérebro não pode produzir energia suficiente, nem vai ter protecção suficiente contra os radicais livres. Sem Co-Q10 suficiente, o cérebro irá degenerar mais depressa, e vai-se tornar cada vez mais difícil manter o desempenho mental a um nível óptimo.

A Co-Q10 foi recentemente apontada como um dos poucos tratamentos eficazes para a doença de Parkinson, uma enfermidade caracterizada por baixa produção de energia e grande actividade dos radicais livres no cérebro. O meu estudo favorito envolvendo a Co-Q10 foi publicado na revista médica britânica Lancet, há cerca de 10 anos atrás. No estudo, foi dada Co-Q10, juntamente com um suplemento de vitamina B6 (piridoxina) e ferro, aos pacientes que sofrem de uma de forma grave de demência hereditária. Os sintomas dos pacientes dimuíram durante o tempo em que tomaram os suplementos, mas voltaram logo que deixaram de os tomar. Descrevendo um dos pacientes do estudo, o pesquisador escreveu: “A sua actividade diária melhorou de estágio 5 (doença de Alzheimer moderada) a 1 (normal). O fluxo sanguíneo para o córtex cerebral aumentou e os sintomas de demência clínica diminuiram... Ela agora anda de moto.”

De:  “The Better Brain Book” − David Perlmutter (Riverhead Books, 2004)

  

publicado por Rui Vaz às 15:18
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS