Segunda-feira, 6 de Julho de 2015

Dê um abraço a alguém!

Você recebe a sua quota-parte de bons abraços diariamente? Se assim for, é um felizardo. Um estudo descobriu que a terça parte das pessoas não recebem um abraço todos os dias e 75% gostariam de ser mais abraçadas. Os abraços não fortalecem apenas os laços emocionais e fazem com que se sinta bem, eles ajudam mesmo a estimular o sistema imunológico, proteger a saúde do coração e reduzir o estresse e a depressão. Então, abrace alguém hoje!

Quando se abraça outra pessoa, o corpo responde com um aumento da hormona do “amor” oxitocina, que tem uma influência benéfica sobre os níveis de estresse e a saúde cardiovascular.

Um estudo de 2003, publicado em Medicina Comportamental, mostrou que um abraço durante 20 segundos podia contribuir para mitigar os efeitos deletérios do estresse, reduzindo a pressão arterial, a frequência cardíaca e os níveis de cortisol no sangue. 

Um estudo de 2012, publicado em Psicologia Integral, mostrou que um abraço durante 10 segundos ajudou a aliviar a depressão, fortalecer o sistema imunológico, combater infecções e aliviar a fadiga.

Um estudo de 2005, publicado em Medicina Psicossomática, mostrou que as mulheres que praticavam uma breve troca de contacto físico caloroso com o seu parceiro reduziam a sua pressão arterial.

O neurologista Shekar Raman explicou ao Huffington Post: “Um abraço, uma palmada nas costas, e até mesmo um aperto de mão amigável são processados pelo centro de recompensa no sistema nervoso central, e é por isso que podem ter um forte impacto na psique humana, fazendo-nos sentir felicidade e alegria... E não importa quem toca ou é tocado. Quanto mais se conectar com as outras pessoas − mesmo a um nível físico mínimo − mais feliz se vai sentir.”

http://undergroundhealthreporter.com/17338/

 

publicado por Rui Vaz às 15:27
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS