Domingo, 23 de Agosto de 2015

Está a tomar um dos 3 analgésicos de venda livre mais perigosos?

Quando tem uma dor de cabeça, lhe doem as costas, faz uma rotura muscular ou sofre de cólicas menstruais, o mais provável é que pegue num medicamento analgésico de venda livre para o ajudar a sentir-se melhor.

Não precisa de receita médica, o custo é razoável e o alívio, embora temporário, é bastante imediato. Pode usá-los todos os dias sem pensar sequer nisso. O facto desses medicamentos para a dor serem comuns não os torna seguros. Por outro lado, o facto de um remédio ser menos comum não o torna pouco seguro.

É provável que já tenha tomado pelo menos um destes medicamentos − talvez todos eles, uma vez ou outra − e pode haver efeitos colaterais para a sua saúde de que nunca suspeitou. Se costuma usar medicação de venda livre para a dor, há algumas coisas que precisa de saber. 

Todos os anos nos Estados Unidos, mais de 100 000 pessoas são hospitalizadas devido a problemas com medicamentos analgésicos de venda livre. Mais de 16 000 mortes são atribuídas a esses fármacos, anualmente.

Os 3 analgésicos de venda livre mais perigosos são:

  • Acetaminofeno (paracetamol)
  • Medicamentos anti-inflamatórios não esteróides (AINE)
  • Aspirina

1. Use com cuidado: Acetaminofeno (paracetamol)

A maioria das pessoas utiliza-o para aliviar a dor e reduzir a febre.

É receitado regularmente pelos médicos, quando uma doença não é bastante grave para exigir uma prescrição. É a razão principal das chamadas para os Centros de Controlo de Venenos, nos EUA, e causa mais de 50 000 visitas aos serviços de urgência, todos os anos!

O uso prolongado de produtos com acetaminofeno é responsável por 50% de todos os casos diagnosticados de insuficiência hepática aguda. O acetaminofeno tem a maior taxa de “overdose escalonada” − tomar um pouco mais do que o recomendado ao longo do tempo − o que se torna difícil de detectar e pode danificar o fígado, cérebro e rins.

Os médicos descobriram que as pessoas que sofrem de dor contínua − como uma dor de dentes − eram mais propensas a dizer para si mesmas: “Se dois comprimidos são bons, então três são melhores.” A lesão hepática pode ocorrer antes de ser detectado um único sintoma de overdose de acetaminofeno (paracetamol).

Visto que estes medicamentos para a dor podem ser comprados sem receita médica, nem sempre se presta atenção à leitura dos riscos e contra-indicações. Os pacientes com uma overdose de acetaminofeno (paracetamol) podem necessitar um transplante de fígado, o que acarreta perigo de morte.

2. Use com cuidado: medicamentos anti-inflamatórios não esteróides (AINE)

Estes medicamentos de venda livre são usados para aliviar a dor e reduzir a inflamação.

Pessoas com dor crónica, lesões de prática desportiva e doenças como a artrite são aconselhadas a tomar esses medicamentos perigosos para aliviar os sintomas.

Perigos do uso dos AINE a longo prazo:

  • Doenças gastrointestinais: incluindo hemorragias gástricas graves, e mesmo fatais
  • Doenças cardiovasculares: agrava a hipertensão
  • Insuficiência renal: o dano pode ser irreversível nos idosos

O consumo de álcool ao tomar AINE aumenta o risco de complicações graves, como hemorragia gastrointestinal e úlceras perfuradas. Se beber álcool regularmente, deve consultar o médico antes de tomar um medicamento anti-inflamatório, quer seja de venda livre ou de receita médica.

3. Use com cuidado: Aspirina

Também conhecida como acetilsalicilato, por regra a aspirina é mais indicada para a saúde do coração. Pode não se aperceber que é também um anti-inflamatório não-esteróide, pois é considerada um produto distinto.

No entanto, o uso prolongado da aspirina − mesmo a variedade tamponada ou revestida − aumenta o risco de hemorragia e úlceras gastrointestinais.

A pesquisa científica também provou que, pelo menos, 90% dos casos diagnosticados de síndrome de Reye foram causados pela aspirina. Trata-se de uma patologia rara mas grave, mais comum em crianças e adolescentes, que provoca edema no cérebro e fígado.

Aproximadamente 10% das pessoas diagnosticadas com a síndrome de Reye irão morrer, apesar do tratamento. A aspirina e produtos que contenham acetilsalicilato nunca devem ser dado aos jovens.

A possibilidade de comprar um medicamento de venda livre não significa que não se trate de um fármaco potente e potencialmente letal.

Philippe Berenger, especialista em gestão da dor na Clínica de Cleveland, explicou: “Os pacientes misturam estas drogas. Eles estão a tomar paracetamol sem controlar a quantidade. Em seguida, tomam um remédio com acetaminofeno para a constipação. Depois, o médico prescreve um medicamento com acetaminofeno. De repente, já estão em doses tóxicas.”

Descubra alternativas seguras e eficazes à perigosa medicação analgésica de venda livre, com os analgésicos 100% naturais mais fortes do mundo, que curam o corpo enquanto aliviam a dor.

Já ouviu falar de Mojave Yucca? Parece o nome de algum antigo salão do Oeste selvagem. Mas antes de arriscar a sua saúde, descubra como é um dos 12 ingredientes mais poderosos e seguros para aliviar a dor! 

http://undergroundhealthreporter.com/dangers-of-otc-pain-relievers/

  

publicado por Rui Vaz às 09:41
link do post | favorito (1)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS