Segunda-feira, 10 de Agosto de 2015

Fresco é melhor do que congelado?

O alimento enlatado é, sem dúvida, depurado de nutrientes durante o processo de preservação (embora o tomate e a abóbora enlatados se portem razoavelmente bem), mas é hora de acabar com o mito de que os alimentos frescos são melhores do que os congelados. Os especialistas dizem que o fresco não é necessariamente melhor do que o congelado, dependendo se o produto for da época e local, ou estiver fora da época e for transportado.

Comprar frutas e vegetais frescos da região é a primeira escolha para produtos ricos em nutrientes. Mas frutas e produtos hortícolas frescos fora de época que são transportados para os mercados e lojas de produtos naturais são, de facto, menos nutritivos do que os produtos congelados. Isso deve-se a que a fruta “fresca” é colhida antes de amadurecer completamente na árvore e, portanto, nunca alcança a composição nutritiva completa de vitaminas e fitonutrientes. Depois, viaja durante vários dias, exposta à luz e ao calor, e perde cada vez mais nutrientes antes mesmo de chegar ao supermercado! 

Por outro lado, o produto congelado é escolhido no pico da maturação, quando está na sua forma mais densa em nutrientes. Uma vez escolhido, é imerso rapidamente em água quente, o que degrada algumas das vitaminas solúveis em água, como as vitaminas C e B, mas depois é submetido a um congelamento brusco que preserva o produto no seu estado repleto de nutrientes. Naturalmente, não se deve manter frutas e legumes no congelador durante meses a fio, uma vez que os nutrientes podem começar a degradar-se após vários meses.

O veredicto: comprar frutas e legumes frescos da época aos lavradores locais ou nas lojas de alimentos saudáveis, sempre que disponíveis, e fora da época vá até ao corredor dos produtos congelados! 

http://undergroundhealthreporter.com/fact-or-myth-fresh-is-better-than-frozen/

 

publicado por Rui Vaz às 08:45
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS