Sábado, 4 de Julho de 2015

Mastigue raiz de alcaçuz

Licorice root (04-07-15)

Tem 5 minutos livres e quer livrar-se do hábito de mascar chiclete? Então, mastigue raiz de alcaçuz, que enche o paladar com um sabor doce, se for comida crua. Uma pesquisa recente sugere que a raiz de alcaçuz pode ajudar a prevenir a cárie dentária. Na raiz concentram-se compostos naturais da planta que contribuem para impedir que as bactérias sabotem a nossa saúde oral.

Dois compostos na raiz de alcaçuz são super destruidores de bactérias − licoricidina e licorisoflavan A. Um estudo in vitro, publicado no Jornal de Produtos Naturais da Sociedade Americana de Química, mostrou que ambos suprimiram fortemente duas estirpes primárias de bactérias que causam a cárie dentária: Streptococcus mutans e Streptococcus sobrinus. Os compostos de alcaçuz também inibiram duas bactérias comuns na doença periodontal (gengivite) − Porphyromonas gingivalis e Prevotella intermedia. 

Um estudo diferente, publicado este ano (2015) em Comunicações Químicas, focou-se noutro composto natural da raiz de alcaçuz, chamado trans-chalone, comprovando que ajuda a prevenir a formação de biofilmes bacterianos. Isso é importante, porque as bactérias nocivas existentes na boca convertem os açúcares da comida e bebida numa bactéria que forma um biofilme nos dentes, causando mau hálito, descoloração e eventual cárie. O trans-chalone desempenhou um efeito inibidor, suprimindo as enzimas que ajudam a multiplicação destas bactéria.

Mastigue então raiz de alcaçuz, mas cautela! Está provado que o excesso de alcaçuz aumenta a pressão arterial e diminuiu os níveis de potássio, podendo ainda causar flutuações hormonais porque contém isoflavonas. Consulte o médico e certifique-se que não há contra-indicações para o seu estado de saúde actual.

http://undergroundhealthreporter.com/5-minute-health-tip-chew-licorice-root/

 

publicado por Rui Vaz às 18:26
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS