Quarta-feira, 9 de Setembro de 2015

Matar à fome a febre e alimentar o resfriado

Isso é um MITO.

Os contos da carochinha têm uma persistência notável, como atesta o mito de longa data: matar à fome a febre e alimentar o resfriado. O mito data de 1574, numa entrada de dicionário por John Withals, onde se lê que “o jejum é um óptimo remédio para a febre”, conselho que não resiste ao que sabemos actualmente sobre gripes e constipações. Permanecer bem hidratado e comer uma quantidade equilibrada de alimentos ricos em nutrientes é a melhor receita para o bem-estar.

No século XVI, a medicina era governada pela teoria dos humores. A saúde óptima era determinada pelo equilíbrio adequado dos fluidos corporais (ou humores): bílis amarela, bílis negra, sangue e catarro. A febre indicava demasiado sangue e calor, e o paciente era sangrado, fazia jejum, ou ambos (sabemos agora que nenhum deles é um tratamento eficaz para reduzir a febre e tratar a doença). Uma constipação que causava predomínio de catarro na forma de muco era alimentado com comida abundante, como forma de atiçar calor no corpo. Contudo, a medicina moderna confirma que, embora o corpo precise de energia para lutar contra os vírus do resfriado, não requer energia extra, mas apenas os antioxidantes e nutrientes de uma dieta bem equilibrada para ajudar a combater a infecção. 

O corpo luta contra os vírus da gripe e constipação, aumentando a temperatura e ficando com febre. Quando a temperatura corporal aumenta, queimam-se mais calorias, por isso é importante alimentar e não matar à fome a febre, a fim de sustentar a energia no organismo. Da mesma forma, a febre desidrata o corpo, de modo que é indispensável beber líquidos. A desidratação faz o muco secar, o que pode levar a seios paranasais e vias respiratórios entupidos. Embora o corrimento nasal não seja divertido, o muco faz parte dos mecanismos de defesa naturais do corpo.

Trate as constipações e gripes ingerindo alimentos repletos de nutrientes que ajudam a activar o sistema imunológico, como beta-caroteno e vitaminas C e E. Demonstrou-se que os bioflavonóides também estimulam o sistema imunológico. A polpa e o núcleo branco no centro das frutas cítricas, pimentão verde, cerejas, limões, laranjas e uvas fornecem uma porção substancial de bioflavonóides. Os brócolos e as cebolas vermelhas e amarelas são ricos em quercetina, uma fonte altamente concentrada de bioflavonóides.

Alimente a constipação e a febre com glutationa, abundante nos brócolos, couve-de-bruxelas e espinafre (três vegetais carregados com fitoquímicos e outros antioxidantes).

Acrescente alguns ovos, peixes e marisco, germe de trigo e grãos à dieta, quando estiver a combater uma constipação ou gripe. Estes alimentos são ricos em zinco, que se provou diminuir a severidade e duração da doença. 

http://undergroundhealthreporter.com/fact-or-myth-starve-a-fever-feed-a-cold/

  

publicado por Rui Vaz às 08:21
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS