Sexta-feira, 28 de Agosto de 2015

Níveis baixos de vitamina D estão associados à doença de Parkinson

Isso é um FACTO.

A pesquisa recente inverteu o guião. Ter níveis baixos de vitamina D não é um sintoma da doença de Parkinson (como se acreditava antes), mas uma causa! O mal de Parkinson, uma doença neurodegenerativa que afecta 50 a 60 mil americanos todos os anos, é a 14ª causa mais comum de morte. Destrói a função motora correcta ao atacar as células cerebrais produtoras de dopamina. Os primeiros sintomas de alerta incluem a perda do olfacto, tremores e alterações inexplicáveis nos padrões de sono. A investigação continua a mostrar que níveis baixos de vitamina D estão ligados ao mal de Parkinson.

Tipicamente, níveis baixos de vitamina D estão associados a um maior risco de osteoporose, doença cardíaca e diabetes tipo 2. Está na hora de acrescentar a essa lista um risco aumentado para a doença de Parkinson. 

Um estudo publicado na revista Arquivos de Neurologia seguiu 3.173 pacientes durante mais de 29 anos. No início do estudo, quando nenhum deles tinha o mal de Parkinson, os investigadores analisaram os níveis de vitamina D em amostras de sangue dos doentes. No final dos 29 anos, os resultados mostraram que aqueles com os níveis mais baixos de vitamina D tinham o maior risco da doença de Parkinson, enquanto aqueles com os níveis mais elevados tinham o menor risco associado.

Outro estudo confirmou que os níveis baixos de vitamina D estão ligados ao mal de Parkinson. De entre 150 doentes com Parkinson, 70% tinham níveis insuficientes de vitamina D (menos de 30 nanogramas/mililitro) e 26% eram deficientes em vitamina D (menos de 20 nanogramas/mililitro).

Estas são estatísticas assustadoras para os americanos, três quartos dos quais têm níveis baixos de vitamina D, o que não é surpreendente. Ao longo das últimas duas décadas, temos sido afugentados do sol e o cancro e outras doenças potencialmente fatais aumentaram em conformidade!

A melhor maneira de assegurar níveis adequados de vitamina D é expor ao sol grandes áreas da pele (pernas e braços). Seja diligente e cuidadoso a gerir a exposição ao sol. A queimadura solar é realmente perigosa, mas dependendo do tipo de pele e da latitude, expor a pele sem protector à luz solar, entre 10 a 30 minutos por dia, irá garantir níveis saudáveis de vitamina D durante todo o ano.

Embora a comida não possa substituir o sol quando se trata de fabricar vitamina D no organismo, pode combater as deficiências comendo peixes gordos de água fria, como salmão e cavala. Se foi diagnosticado com insuficiência ou deficiência de vitamina D, então considere tomar um suplemento feito a partir da forma activa da vitamina D − a vitamina D3. 

http://undergroundhealthreporter.com/fact-or-myth-low-vitamin-d-levels-are-linked-to-parkinsons/

  

publicado por Rui Vaz às 08:13
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS