Domingo, 5 de Julho de 2015

O culpado oculto por trás das doenças e problemas de saúde da velhice

Existe um sério problema de saúde que passa despercebido e se pode manifestar como enfermidade crónica com sérias e devastadores consequências para a saúde. Esse problema chama-se acidose.

A acidose é uma condição física caracterizada por um aumento da acidez no sangue e outros tecidos do corpo. Quando os níveis de pH estão muito baixos, isso significa que o ácido está a corroer o coração, as células do cérebro, os músculos, os ossos, as articulações − praticamente todos os órgãos do corpo − provocando inúmeros problemas de saúde, tais como artrite, cancro, diabetes, enfermidades cardíacas, hipertensão, depressão, dor nas articulações, osteoporose, mau funcionamento da bexiga e rins, dificuldades digestivas − e até mesmo o envelhecimento prematuro. Felizmente, é fácil identificar a acidose e revertê-la com passos simples e comprovados, antes que ela destrua a sua saúde. 

A acidose afecta todas as actividades e funções celulares. Talvez se lembre das aulas de química, que a escala de pH varia entre 0 a 14, mostrando quão ácida ou alcalina é uma substância:

  • As substâncias com um pH superior a 7 são alcalinas
  • As substâncias com um pH inferior a 7 são ácidas
  • As substâncias com um pH de 7 são neutras

Para que o sangue possa transportar com eficácia o oxigénio e outros nutrientes vitais, o pH deve permanecer num intervalo muito estreito − 7,36-7,44, embora quanto mais perto estiver de 7,4 tanto melhor. Desvios excessivos em qualquer direcção podem ser perigosos. A maioria dos tecidos no nosso organismo são naturalmente alcalinos. No entanto, quando comemos alimentos formadores de ácidos ou quando exercitamos os músculos, quando estamos expostos à chuva ácida do meio ambiente ou a poluentes no ar ou na água, quando tomamos medicamentos ou mesmo quando respiramos, geramos ácido. Esse ácido deve ser neutralizado de seguida, para manter o pH do sangue em equilíbrio.

É importante saber que na escala de pH há uma diferença de 10 vezes entre cada valor. Assim, um líquido com pH igual a 6 é 10 vezes mais ácido do que a água pura, que se convenciona ter um pH igual a 7, e um líquido com pH igual a 5 é 100 vezes mais ácido do que a água.

A próxima vez que pegar numa lata de refrigerante, tenha em mente que um refrigerante típico tem um pH igual a 3, ou seja, um valor colossal 10000 vezes mais ácido do que a água.

E este não é o único alimento com elevada acidez na dieta americana padrão. Outros infractores incluem:

  • Café
  • Ovos
  • A maioria dos tipos de pão e massas
  • Frutos do mar
  • Carnes
  • Queijo
  • Feijões
  • Pipoca
  • Cevada e outros grãos
  • Chocolate

Comer estes alimentos pode produzir mais 100 mEq (unidade de carga eléctrica) de ácido diariamente − perto do dobro da quantidade que o corpo está equipado para neutralizar!

O corpo mantém um equilíbrio de pH adequado, ao eliminar ou neutralizar os ácidos. Mas quando se produz demasiado ácido, o organismo fica sobrecarregado. À medida que os ácidos se acumulam, o equilíbrio do pH diminui cada vez mais. Eventualmente, na tentativa de restaurar um equilíbrio correcto, o corpo começa a retirar minerais dos ossos, dentes e tecidos vitais.

A acidose destrói o organismo de dentro para fora, criando o ambiente perfeito para os patogéneos prosperarem. Quando o corpo permanece num estado de acidez por um período prolongado de tempo, enfrenta um risco acrescido de doenças e enfermidades.

Todos os nossos órgãos internos sofrem quando os níveis de pH estão fora do normal. A pesquisa indica que a acidose pode ser a causa de muitas formas de cancro. Os estudos têm mostrado que existem dois pré-requisitos ambientais para o desenvolvimento das células cancerosas: a falta de oxigénio e um pH ácido. A acidose cria ambas as condições.

Mesmo que tenha acumulado anos de dano ácido, não é tarde demais. Todos os dias, tem a oportunidade de começar de novo. Não importa quão insalubre tem sido o seu estilo de vida, quanta comida de fraca qualidade ingeriu, quanto álcool consumiu, quantas drogas recreativas tomou ou a quanta poluição foi exposto, ainda assim pode restituir ao seu corpo um pH saudável e proteger a sua saúde futura.

É amplamente reconhecido que os melhores alimentos alcalinizantes incluem frutas (como açaí, camu-camu e o fruto do cacaueiro), vegetais de folhas verdes (como moringa e erva do trigo) e vegetais/algas marinhas (como espirulina e clorela). Quando se consomem esses superalimentos numa base diária, tal é equivalente a inundar o corpo com um elixir alcalinizante que auxilia a cura e restaura a saúde.

O corpo humano tem uma capacidade incrível de regeneração. Se lhe der os materiais de que ele necessita, pode criar um novo “eu” melhorado! Em menos de um ano, o seu corpo ter-se-á reconstruído 98%, célula a célula. Demora um ano para o cérebro se substituir, 4 meses para o sistema sanguíneo, 3 meses para todo o esqueleto, 6 semanas para o fígado, um mês para a pele, e apenas 5 dias para o revestimento do estômago!

Aquilo que colocar hoje no corpo, vai determinar o seu estado de saúde amanhã. Com os ingredientes certos − os superalimentos −, pode experimentar uma transformação total do organismo em apenas 30 dias.

http://undergroundhealthreporter.com/the-hidden-culprit-behind-your-age-related-diseases-and-health-problems/

 

publicado por Rui Vaz às 22:12
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS