Terça-feira, 29 de Setembro de 2015

O fruto asiático bael pode ajudar a tratar a doença do intestino irritável?

Bael (29-09-15)

Isso é um FACTO.

A doença inflamatória intestinal atinge cerca de 1,4 milhões de americanos, com sintomas dolorosos desde diarreia e obstipação até complicações ainda mais graves, como doença de Crohn e colite. Enquanto a síndrome inflamatória intestinal afecta a totalidade ou parte do tracto digestivo, a colite atinge principalmente o intestino grosso. As pessoas que sofrem de colite podem querer experimentar tratamentos com remédios alternativos, como a acupunctura e o fruto bael, antes de optar por medicamentos de prescrição e cirurgia.

O fruto bael cresce na árvore bael (nome científico: Aegle marmelos) na Índia, Paquistão, Sri Lanka, Bangladesh e Tailândia. Tem uma reputação de longa data como tónico digestivo, na medicina ayurvédica, que usa o bael para aliviar todos os tipos de dor relacionados com colite e problemas digestivos. 

Rico em compostos anti-inflamatórios chamados taninos, crê-se que o fruto bael alivia os problemas digestivos, ao acalmar a inflamação sistémica no tracto digestivo. Um estudo animal, publicado no Jornal Indiano de Farmacologia, em 2012, mostrou que o bael reduziu a inflamação nos intestinos.

De acordo com um estudo publicado na revista Medicina Complementar e Alternativa BMC, as propriedades antibacterianas do fruto bael verde ajudam a curar a diarreia causada por infecção. O bael maduro parece ter o efeito oposto, actuando como um laxativo estimulante.

O fruto bael também é usado por especialistas de medicina alternativa para tratar:

  • Asma
  • Constipação
  • Diabetes
  • Doença cardíaca
  • Colesterol elevado
  • Má circulação

Pode consumir-se o fruto bael inteiro, embora seja elogiado sobretudo pelos seus efeitos medicinais, não pelo sabor. O fruto bael macio pode ser cortado em pedaços para comer a polpa polvilhada com açúcar, um pequeno-almoço comum na Indonésia. Na Índia, o bael é usado para fazer “sherbet”, uma bebida que é a mistura da polpa com açúcar e leite.

Também se pode tratar a doença do intestino irritável e a colite, talvez mais facilmente, com bael sob a forma de chá ou suplemento. Os efeitos secundários do fruto bael são raros, mas antes de usar como suplemento, consulte um profissional de saúde para ter em conta quaisquer contra-indicações. 

http://undergroundhealthreporter.com/fact-or-myth-can-bael-fruit-help-treat-irritable-bowel-disease/

  

publicado por Rui Vaz às 08:05
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS