Sábado, 29 de Agosto de 2015

Os exames ao coração aumentam o risco de radiação

Em situações de emergência, as tomografias computorizadas (TAC) cardíacas podem ajudar a salvar vidas, ao fornecer informação crucial sobre o fluxo sanguíneo coronário. Mas quando os exames ao coração são usados em pacientes assintomáticos como forma de verificar o que está a acontecer dentro do corpo, o risco supera em muito o benefício.

Testes de estresse nucleares, TAC cardíacos e fluoroscopia são exemplos de exames que usam radiação ionizante para diagnosticar o estado de saúde. A exposição à radiação nos exames ao coração é equivalente a 750 radiografias do tórax e, de acordo com o Jornal de Medicina de New England, alguns destes exames expõem os pacientes a níveis de radiação mais elevados do que os sofridos pelos sobreviventes japoneses das bombas atómicas em Hiroshima e Nagasaki! 

Na edição de Setembro de 2014 da revista Circulação, a Associação Americana do Coração, exorta os médicos a ponderar os riscos da exposição à radiação relativamente aos benefícios, e a garantir que os pacientes têm conhecimento dos perigos, porque a investigação mostra que os exames ao coração aumentam o risco de radiação.

Num comunicado de imprensa, o dr. Reza Fazel, cardiologista num Centro Médico, em Boston, disse:

“Com os avanços tecnológicos, a imagiologia médica tornou-se uma ferramenta cada vez mais vital no diagnóstico e tratamento de pacientes com doença cardíaca, mas o uso crescente dos exames tem levado a uma exposição crescente à radiação, ao longo das últimas duas décadas. Os exames imagiológicos ao coração são responsáveis por quase 40 por cento da exposição à radiação da imagiologia clínica”.

De acordo com o Jornal de Medicina de New England, 62 milhões de tomografias computorizadas são realizadas anualmente, em comparação com 3 milhões realizadas em 1980. A pesquisa mostra que 20 milhões de adultos americanos estão expostos a radiação desnecessária e com risco de vida.

Foi demonstrado que a radiação provoca rupturas no ADN, o que desencadeia mutações nas células e instiga o cancro. As pessoas mais jovens são especialmente vulneráveis ao risco de radiação.

A Associação Americana do Coração exorta os médicos a fazer três perguntas, ao avaliar a necessidade de exames de diagnóstico potencialmente nocivos:

  • Como irá o exame ajudar no diagnóstico e tratamento da doença cardíaca?
  • Existem alternativas, tais como ultra-som e ressonância magnética, que não usam radiação?
  • Quão elevados são os níveis de radiação, e irá a radiação aumentar a exposição ao risco de cancro e outras doenças com o passar do tempo?

Estas são questões com as quais o paciente também deveria estar familiarizado. Se é uma pessoa saudável, então implemente estratégias preventivas, tais como exames anuais e testes de lípidos no sangue, além de nutrição, exercício e hábitos de vida adequados.

http://undergroundhealthreporter.com/heart-scans-increase-radiation-risk/

  

publicado por Rui Vaz às 09:10
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS