Sexta-feira, 16 de Outubro de 2015

Receitas sem glúten (nem trigo)

Dieta da mente (16-10-15)

Seguir os princípios alimentares de “A Dieta da Mente” é mais fácil do que parece. Embora esta nova maneira de se alimentar limite de forma significativa a ingestão de hidratos de carbono, sobretudo trigo e açúcar, não há uma verdadeira escassez de alimentos e ingredientes com que se recrear na cozinha. Vai precisar de um pouco de criatividade para continuar a comer alguns dos seus pratos preferidos, mas, assim que aprender como realizar algumas substituições sem esforço, será capaz de fazer o mesmo com as suas próprias receitas e voltar aos livros de receitas clássicos. As receitas aqui apresentadas dar-lhe-ão uma ideia geral de como aplicar estas instruções a praticamente qualquer refeição e irão ajudá-lo a dominar a arte da cozinha sem trigo nem glúten. 

Por saber que a maioria das pessoas tem um horário ocupado e pouco tempo para cozinhar, escolhi pratos simples, relativamente fáceis de preparar e, acima de tudo, cheios de sabor e nutritivos. Embora o incentive a seguir o meu plano de refeições de sete dias, já antes delineado, de modo a não ter de pensar no que comer durante a primeira semana do programa, pode fazer o seu próprio planeamento, escolhendo as receitas que mais lhe agradarem. A maioria dos ingredientes é fácil de encontrar. Lembre-se de dar preferência, sempre que possível, aos alimentos naturais e orgânicos e à carne de animais alimentados no pasto. Quando escolher azeite de oliva ou óleo de coco, procure o tipo extravirgem. Embora todos os ingredientes listados nas receitas sejam fáceis de encontrar na versão sem glúten, dê sempre uma olhada no rótulo para ter a certeza, principalmente se comprar alimentos processados (como a mostarda). Nem sempre se pode controlar o que é posto nos produtos, mas pode controlar o que põe no seu prato. 

De:  “A Dieta da Mente” − David Perlmutter (Editora Paralela, 2014)
        “Cérebro de Farinha” − David Perlmutter (Lua de Papel, 2014)

  

publicado por Rui Vaz às 15:13
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS