Sexta-feira, 4 de Setembro de 2015

Reduzir o consumo de ovos pode diminuir o risco de diabetes tipo 2

Sabia que reduzir o consumo de ovos pode diminuir o risco de diabetes tipo 2?

De acordo com o Relatório Estatístico Nacional da Diabetes de 2014, 29,1 milhões de americanos têm diabetes tipo 2 e 8,1 milhões nem sequer sabem que são diabéticos. Sendo a sétima principal causa de morte, a diabetes tipo 2 não mostra sinais de declínio, mas continua a aumentar juntamente com a subida das taxas de obesidade e doenças cardíacas.

Quer esteja à procura de reduzir o risco ou controlar a doença, é essencial manter-se a par do consumo dietético. Vale a pena notar que alguns estudos sugerem que os ovos podem desempenhar um papel no risco da diabetes. 

Os EUA são o líder mundial na produção de ovos e, enquanto o consumo de ovos na América aumenta, o mesmo acontece com a tendência da diabetes. Em 2009, pesquisadores de Harvard analisaram quase três décadas de dados do Estudo de Saúde dos Médicos − composto por mais de 20 000 homens com idade igual ou superior a 40 anos − e quase duas décadas de dados do Estudo de Saúde das Mulheres − composto por mais de 36 000 mulheres com idade igual ou superior a 45 anos.

Todos os participantes masculinos e femininos não tinham diabetes, no início do estudo. A conclusão global? A diabetes foi mais comum em homens e mulheres que relataram comer mais do que um ovo por semana, em média.

Depois de os pesquisadores terem ajustado para os factores de risco tradicionais da diabetes e comparado os resultados com um consumo nulo de ovos, verificaram que:

  • Os homens que comiam 5-6 ovos por semana tiveram um risco 46% maior de diabetes tipo 2
  • Os homens que comiam 7 ou mais ovos apresentaram um risco 58% maior de diabetes
  • As mulheres que comiam 2-4 ovos tiveram um risco 19% maior de diabetes
  • As mulheres que comiam 7 ou mais ovos por semana tiveram um risco 77% maior de diabetes

Além disso, um estudo de 2012, publicado em Nutrição e Saúde Pública, mostrou que os participantes que comiam 5 ou mais ovos por semana triplicaram o risco de diabetes, em comparação com indivíduos que comiam apenas 1 ovo ou menos por semana.

Se já foi diagnosticado com diabetes, é ainda mais importante monitorizar o consumo de ovos. De acordo com um estudo publicado no Jornal Americano de Nutrição Clínica, comer um ou mais ovos por dia pode potencialmente duplicar o risco de morte de um diabético para todas as causas de mortalidade.

Especificamente, esse estudo mostrou que o consumo ocasional de ovos não parece aumentar o risco de doença cardiovascular, mas o consumo frequente de ovos correlaciona-se com um aumento da mortalidade nos indivíduos diabéticos. 

http://undergroundhealthreporter.com/egg-consumption-may-decrease-risk-for-type-2-diabetes/

  

publicado por Rui Vaz às 22:13
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS