Sexta-feira, 23 de Outubro de 2015

O flúor protege contra a cárie dentária?

Flúor e cárie (23-10-15)

Isso é um MITO.

Desde a pasta de dentes até às soluções para bochechar, dos tratamentos profissionais de odontologia à água potável, o flúor aparece como um ingrediente protector do esmalte que defende os dentes brancos contra a cárie dentária. No entanto, cada vez mais a pesquisa sugere que não só o flúor não protege contra a cárie, mas também instiga uma série de problemas de saúde, desde danos no cérebro até ao cancro nos ossos.

O flúor tem dominado os cuidados dentários desde a década de 1960. A sabedoria popular diz que o flúor converte o mineral primário no esmalte dos dentes, a hidroxiapatita, num revestimento mais resistente à deterioração, chamado fluorapatita. Acontece que este revestimento é muito fino − 100 vezes mais fino do que se pensava − para fornecer qualquer tipo de protecção.

 

publicado por Rui Vaz às 08:18
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Setembro de 2015

Escove os dentes com sal marinho e bicarbonato de sódio

Escovar os dentes (27-09-15)

Quer esteja atento aos perigos para a saúde dos dentífricos comerciais, ou apenas à procura de algum cuidado extra bi-semanal para acrescentar à sua disciplina dental, escovar os dentes com um pouco de sal marinho e/ou bicarbonato de sódio é uma maneira segura e natural de garantir dentes e gengivas fortes, desfazer a acumulação de placa, e proteger contra o mau hálito. Usados isoladamente ou em conjunto, o sal marinho e o bicarbonato de sódio são tratamentos baratos e comprovados pelo tempo para cuidar dos dentes.

Cálcio, magnésio, silício, fósforo, sódio, níquel, ferro − eis apenas alguns dos muitos oligoelementos e minerais encontrados no sal marinho. Estes nutrientes fortalecem as gengivas, protegem contra o tártaro e mau hálito, e podem até branquear os dentes, ao longo do tempo. Rico em iodo, o sal marinho tem propriedades antibacterianas e ajuda a neutralizar os ácidos na boca. O sal obriga-o a salivar, e a saliva cria uma barreira antibacteriana que protege o esmalte. 

 

publicado por Rui Vaz às 22:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 20 de Julho de 2015

Pasta dentífrica de casca de ovo

As luzes da ribalta estão a abandonar as claras e gemas do ovo para se focarem nas cascas, à medida que a pesquisa vai mostrando que as cascas de ovo conferem alguns benefícios de saúde bastante surpreendentes. A casca do ovo contém 27 minerais essenciais e uma grande concentração de carbonato de cálcio, um tipo de cálcio biodisponível (de fácil absorção) cuja forma e estrutura são muito semelhantes às dos ossos e dentes. Estudos em animais e seres humanos têm demonstrado que as cascas de ovo ajudam a aumentar a densidade óssea, aliviar a dor da artrite e incentivar o crescimento da cartilagem. Outros estudos mostram que as cascas podem ajudar a diminuir o acúmulo de placa bacteriana nos dentes e gengivas, fortalecer o esmalte através do processo de remineralização do dente, e tratar doenças ortopédicas como a osteoporose ou a luxação congénita da anca.

Prepare cascas de ovo moídas para juntar a batidos ou fazer pasta dentífrica de casca de ovo, a qual pode ajudar a remover a placa, prevenir as cáries, e até mesmo branquear os dentes! 

 

publicado por Rui Vaz às 16:06
link do post | comentar | favorito (1)
Domingo, 12 de Julho de 2015

O óleo de coco é uma boa pasta dos dentes?

Isso é um FACTO.

A pasta dos dentes de óleo de coco tem diversas vantagens sobre os dentífricos comerciais, que contêm vários produtos químicos perigosos. Além disso, a pasta de óleo de coco também ajuda a prevenir e lutar contra a cárie dentária. Vamos ver como ela se compara com as marcas comerciais.

Os dentífricos comerciais, como Colgate, contêm uma substância química chamada triclosan, que se suspeita promover a resistência aos antibióticos e interferir com o bom funcionamento endócrino. A desregulação endócrina provoca sérias complicações de saúde, incluindo cancro do ovário, próstata, mama e testicular, nascituros com baixo peso, puberdade precoce nas meninas e testículos que não desceram nos meninos. O fluoreto, outro químico tóxico − de facto, um produto de resíduos industriais tóxicos − também é usado em marcas comerciais. 

 

publicado por Rui Vaz às 03:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . O flúor protege contra a ...

    . Escove os dentes com sal ...

    . Pasta dentífrica de casca...

    . O óleo de coco é uma boa ...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS