Terça-feira, 7 de Julho de 2015

Uma dieta tradicional africana pode diminuir o risco de cancro do cólon

Sabia que afro-americanos alimentados com uma dieta tradicional africana reduziram significativamente o risco de cancro do cólon?

De acordo com a Sociedade Americana do Cancro, os afro-americanos têm a maior taxa de mortalidade e a menor taxa de sobrevivência de qualquer grupo racial ou étnico, nos Estados Unidos, para a maioria dos cancros.

De modo a investigar qual o efeito da dieta sobre o cancro em afro-americanos, pesquisadores da Universidade de Pittsburgh deram aos afro-americanos uma dieta africana tradicional, e aos africanos uma dieta americana típica. Os resultados são elucidativos e chocantes.

As taxas de cancro do cólon nos sul-africanos rurais são muito mais baixas do que nos afro-americanos, estando nestes associadas a um maior consumo de proteína e gordura animal, bem como a uma menor ingestão de fibra. Assim, os pesquisadores deram a 20 afro-americanos uma dieta africana pobre em gordura e rica em fibras, composta de legumes, feijão, farinha de milho, e apenas um pouco de carne. Por sua vez, deram a 20 africanos uma dieta americana típica com alto teor de gordura e baixo teor de fibras. 

Após 2 semanas, realizaram colonoscopias em todos os sujeitos. Os testes mostraram que os afro-americanos a seguir uma dieta africana tinham aumentado os níveis de butirato, um ácido gordo que protege contra o cancro do cólon.

Quanto aos africanos a fazer uma dieta americana mostravam alterações intestinais que os cientistas afirmam serem os biomarcadores do desenvolvimento de células cancerígenas.

O Dr. Stephen O’Keefe, líder da pesquisa, declarou: “Ficamos espantados com a gravidade e amplitude das mudanças. Nos africanos, as alterações da dieta produziram microflora que era cancerosa. Tudo isso aconteceu apenas em 2 semanas e foi bastante surpreendente.”

Segundo os Centros para Controlo e Prevenção de Doenças (CDC), as doenças cardíacas, cancro, acidentes vasculares cerebrais (AVC) e diabetes estão entre as principais causas de morte nos afro-americanos, e podem estar ligadas a altas taxas de obesidade em pessoas de cor.

As taxas de obesidade mais do que triplicaram desde os anos 70 e são responsáveis por 1 em cada 5 mortes por cancro.

A Sociedade Americana de Oncologia Clínica informou recentemente que a obesidade irá ultrapassar em breve o tabaco como a principal causa de cancro.

A investigação tem associado a obesidade ao cancro maligno da mama em mulheres na pós-menopausa e ao cancro da próstata em homens idosos.

http://undergroundhealthreporter.com/a-traditional-african-diet-may-protect-against-colon-cancer/

 

publicado por Rui Vaz às 01:46
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.temas principais

  • Anti-envelhecimento
  • Fitoterapia
  • Nutrição

  • Receitas
  • Saúde mental
  • Suplementos
  • Terapias
  • .posts recentes

    . Exercício físico

    . Cinco analgésicos perigos...

    . Exercício da serpente par...

    . Frango com vinagrete de m...

    . A manteiga faz mal à saúd...

    . O perigo das garrafas plá...

    . Alimentos que queimam gor...

    . Chá de pimenta-caiena

    . Relaxe: Controle o estres...

    . As sementes de damasco pr...

    . Cúrcuma para a depressão

    . Frango com limão

    . Sistema físico ideal de t...

    . Mantenha um diário de gra...

    . Problemas do sono

    . É seguro cozinhar com aze...

    . Schisandra: o fruto silve...

    . “Cereais” rápidos e croca...

    . Como fazer um lift facial...

    . Combata a postura sentada...

    .arquivos

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    .tags

    . anti-envelhecimento

    . anti-inflamatório

    . antibiótico natural

    . anticancerígeno

    . antioxidante

    . cancro

    . cérebro

    . colesterol

    . desintoxicação

    . doença cardíaca

    . doença de alzheimer

    . estresse

    . exercício físico

    . facto ou mito

    . fitoquímico

    . fitoterapia

    . nutrição

    . óleo essencial

    . ómega-3

    . químico tóxico

    . receita sem glúten

    . suplemento

    . terapia

    . toxina

    . vitamina

    . todas as tags

    .links

    RSS